carioca, 16 anos.
10/11

Photo

É madrugada de uma sexta feira, todos sairam, e você, por algum motivo qualquer, resolveu ficar em casa. Liga o som alto e faz sua própria festa, sozinha dentro do seu quarto. Experimenta todas as roupas do armario, coloca a maquiagem mais pesada. Se diverte com você mesma, tira mil fotos com todas as caras e bocas que quer. Pula, canta tão alto quanto consegue, sem nem se importar se não tem uma boa voz pra isso. O que importa é a diversão, certo? Então, enquanto mexe no guarda roupa a fim de mais uma fantasia para sua noite, se depara com aquela caixinha. Para por um instante. Mas… por que não? Senta na cama e abre a caixinha. Tudo está ali. Fotos de toda sua vida, um objeto que significa muito mais do que realmente é, um pedaço de vidro, um cordãozinho qualquer, um death note, papeis com seus desabafos mais desesperados, alguma lembrança das suas melhores férias… E muitas, muitas cartas. Daquela sua amiga que acabou se afastando, do seu primeiro amor, dos seus pais, da sua melhor amiga pedindo desculpas e até pessoas que você nem mesmo lembrava. No meio de tantas lembranças, você volta ao passado. E sente. Tudo de novo. Se odeia por ter deixado algumas pessoas escaparem, e outras, que certamente não mereceram, continuarem a fazer parte da sua vida. Sente vontade de pegar algumas daquelas lembranças e rasgar e cortar e quebrar e queimar e se desfazer e esquecer. Tão de repente, sua noite sozinha se transformou em sua noite solitária. Quando se da conta, tem o rosto todo manchado de preto, pela maquiagem que as lagrimas fizeram escorrer. Mas como é boba. Nesse ponto entende porque exitou ao ver a caixinha, ao invés de apenas pega-la de uma vez. Mas tudo bem, afinal aquele ali é o seu passado. Vai ver é isso mesmo que te chateia, não é? Que aquilo ali seja apenas o passado. Mas se acalme, garota. Guarde tudo de volta e nao destrua nada, afinal aquilo é importante para você e faz parte da sua história. Vai ver, ao resolver ficar em casa, era realmente disso que você estava precisando. Vamos, nao desanime. Eu sei que você sente saudades, mas vai ficar tudo bem. Tem tantas coisas nessa caixinha que são motivo de orgulho e felicidade. Sorria. Você fica bonita sorrindo. Agora que já lavou a alma, que tal voltar a se divertir na sua própria festa? Vamos lá, nem precisa limpar essa cara toda borrada, você é sua unica plateia. Isso mesmo garota, é hora de ser feliz de novo… A noite é uma criança, e ela é toda sua, garota.

É madrugada de uma sexta feira, todos sairam, e você, por algum motivo qualquer, resolveu ficar em casa. Liga o som alto e faz sua própria festa, sozinha dentro do seu quarto. Experimenta todas as roupas do armario, coloca a maquiagem mais pesada. Se diverte com você mesma, tira mil fotos com todas as caras e bocas que quer. Pula, canta tão alto quanto consegue, sem nem se importar se não tem uma boa voz pra isso. O que importa é a diversão, certo? Então, enquanto mexe no guarda roupa a fim de mais uma fantasia para sua noite, se depara com aquela caixinha. Para por um instante. Mas… por que não? Senta na cama e abre a caixinha. Tudo está ali. Fotos de toda sua vida, um objeto que significa muito mais do que realmente é, um pedaço de vidro, um cordãozinho qualquer, um death note, papeis com seus desabafos mais desesperados, alguma lembrança das suas melhores férias… E muitas, muitas cartas. Daquela sua amiga que acabou se afastando, do seu primeiro amor, dos seus pais, da sua melhor amiga pedindo desculpas e até pessoas que você nem mesmo lembrava. No meio de tantas lembranças, você volta ao passado. E sente. Tudo de novo. Se odeia por ter deixado algumas pessoas escaparem, e outras, que certamente não mereceram, continuarem a fazer parte da sua vida. Sente vontade de pegar algumas daquelas lembranças e rasgar e cortar e quebrar e queimar e se desfazer e esquecer. Tão de repente, sua noite sozinha se transformou em sua noite solitária. Quando se da conta, tem o rosto todo manchado de preto, pela maquiagem que as lagrimas fizeram escorrer. Mas como é boba. Nesse ponto entende porque exitou ao ver a caixinha, ao invés de apenas pega-la de uma vez. Mas tudo bem, afinal aquele ali é o seu passado. Vai ver é isso mesmo que te chateia, não é? Que aquilo ali seja apenas o passado. Mas se acalme, garota. Guarde tudo de volta e nao destrua nada, afinal aquilo é importante para você e faz parte da sua história. Vai ver, ao resolver ficar em casa, era realmente disso que você estava precisando. Vamos, nao desanime. Eu sei que você sente saudades, mas vai ficar tudo bem. Tem tantas coisas nessa caixinha que são motivo de orgulho e felicidade. Sorria. Você fica bonita sorrindo. Agora que já lavou a alma, que tal voltar a se divertir na sua própria festa? Vamos lá, nem precisa limpar essa cara toda borrada, você é sua unica plateia. Isso mesmo garota, é hora de ser feliz de novo… A noite é uma criança, e ela é toda sua, garota.

18/9

Audio

aubreefreakinsummers:

I wrote this because I was bored… and it turned out amazing!
Besides my awful sounding voice, haha.
This is a parody of Adele’s “Rolling In The Deep” [which is like, my favourite song].
I call this “Rowling In The Deep”. 
Harry Potter fans:
ENJOY!

————

“Rowling In The Deep”

There’s a Horcrux deep in Harry’s heart
Just like a parasite and it’s tearing him all apart
Finally we will see how it all ends
Harry or Voldemort - the enemy or the friend

Who will live and who will not survive
Deathly Hallows might help Harry to get by
There’s a Horcrux embedded in his soul
Destiny calls him but now he’s losing all control

The scar on his head, when Harry plays dead
It kept us thinking Voldie almost had it all;
The scar on his head, we thought he was dead
But we all know that
Harry was the Chosen One
Rowling’s in the deep
She had our hearts inside of her hand
It’s all over, and we’re weeping

Dumbledore is gone and Snape is Headmaster
Hogwarts is under guard by the Azkaban Dementors
Hope is slowly dying, replaced by despair
Now Harry has to fight, but he had better be aware

The scar on his head, when Harry plays dead
It kept us thinking Voldie almost had it all;
The scar on his head, we thought he was dead
But we all know that
Harry was the Chosen One
Rowling’s in the deep
She had our hearts inside of her hand
It’s all over, and we’re weeping
Harry was the Chosen One
Rowling’s in the deep
She had our hearts inside of her hand
It’s all over
It’s all over

Voldemort split his soul in seven ways
But what he didn’t count on was splitting it into eighths
Harry Potter must die to live again
The final showdown between good and evil reign

Who will have it all
Who will have it all
It all, it all, it all

And Harry was the Chosen One
Rowling’s in the deep
She had our hearts inside of her hand
It’s all over, and we’re weeping
Harry was the Chosen One
Rowling’s in the deep
She had our hearts inside of her hand
It’s all over
All over
All over

And now we’re all weeping 

16/9

Video

Years 1 & 7

(Source: podalecki)

14/9

Photo

14/9

Photo

14/9

Photo

28/8

Photo

28/8

Quote

Accidentally in love
22/8

Photo

18/8

Photo

(Source: swimmiesofdoom)